Projeto de Lei dos vereadores Alexandre Zóio, Gil Carvalho e Raquel Spada é aprovado e ASO é declarada de utilidade pública

A ASO é a Associação Amigos dos Surdos de Ourinhos e Região

08/07/2022

Desde sua fundação, a ASO (Associação Amigos dos Surdos de Ourinhos e Região) vem realizando um trabalho de extrema relevância com o objetivo de assegurar e promover a igualdade e inclusão da pessoa surda.
 
Com isso, os vereadores Alexandre Zóio, Gil Carvalho e Raquel Spada apresentaram o Projeto de Lei nº59/22, que declara de utilidade pública a entidade. O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade durante a 22ª Sessão Ordinária.
 
O vereador Alexandre Zóio enalteceu a relevância da ASO. “Especialmente nesse momento de pandemia, a Associação foi extremamente relevante em trabalhos nas áreas social, de saúde, educacional e de empregabilidade. É um belíssimo trabalho que fazem, garantindo direitos e lutando pela inclusão. Em Ourinhos, são mais de 4.500 deficientes auditivos, sendo 1360 com deficiência severa, ou seja, pessoas surdas. A ASO desenvolve a cidadania, incentiva o ensino e aprendizado da LIBRAS, trabalha ensinando a todos que o surdo é capaz de se desenvolver integralmente. Parabenizo o presidente Rafael e todos os voluntários, minha bandeira de trabalho é a defesa dos diretos das pessoas com deficiência e podem sempre contar comigo ”.
 
O vereador Gil Carvalho contou como conheceu o trabalho da ASO. “O Coró barbeiro me contou das dificuldades que os surdos tinham em relação a vários serviços e o que me chamou mais atenção foi em relação à saúde, pois soube que muitas vezes não iam até uma UBS ou na UPA porque não conseguiam se comunicar. Fiz um Requerimento, conversei com o Prefeito e o Secretário de Saúde e junto com a ASO conseguimos o atendimento on- line. Parabenizo a entidade pelo trabalho desenvolvido, tenho certeza que agora com a declaração de utilidade pública, vários projetos poderão ser desenvolvidos com o apoio dos governos municipal, estadual e federal”.