Câmara Municipal de Ourinhos
Notícia

Vereador Flavinho do Açougue defende permanência dos guardas mirins na Zona Azul

26/09/2017

A possível extinção do trabalho na zona azul dos adolescentes que fazem parte da AMO-SIM (Associação Mirim de Ourinhos – Serviço de Integração de Meninas), levou o vereador Flávio Luis Ambrozim “Flavinho do Açougue” (PMDB) a realizar pronunciamento durante a 32ª Sessão Ordinária, realizada ontem, 26, questionando a atitude da Prefeitura em querer implantar a zona azul eletrônica.

 

O parlamentar ressaltou que acha muito estranho a entidade não ter sido consultada. “É uma falta de respeito com essa instituição tão importante para a cidade. Estou muito preocupado com a possibilidade de centenas de adolescentes ficarem sem renda, sem capacitação. Qual a real intenção da Prefeitura? Aumentar a arrecadação? Querem colocar zona azul eletrônica para aumentar os espaços de zona azul e o preço?”, disse.

 

Flavinho contou que visitou a AMO-SIM e que a entidade vem desde 1971 formando e dando amparo aos adolescentes da cidade. “Ensinam cidadania, formam e direcionam para o mercado de trabalho. Assim que chegam na instituição, os adolescentes aprendem o regulamento interno, as leis municipais e o profissionalismo. Na segunda fase vão para a zona azul e lá superam deficiências como inibição e aprendem a ter comprometimento, assiduidade, segurança nas atitudes, iniciativa, autoestima, recendo um salário para isso. Num terceiro momento, saem da zona azul e são direcionados para empresas e órgãos públicos do município”.

 

O vereador ressaltou também que mais de 20 mil pessoas já passaram pela instituição. “Hoje são pais e mães de família, profissionais respeitados. Vivemos em um mundo onde as drogas estão tomando conta e aqui somos privilegiados em ter a AMO-SIM. Agora fomos surpreendidos com essa notícia de zona azul eletrônica. Querem aumentar a arredação? Será que vão repassar os valores para a entidade? Será que vão mexer no bolso da nossa população com aumento de valores?”.

 

 

Para Flavinho, foi tomada uma decisão sem conversar com os maiores interessados. “Fica aqui minha indignação. Vou continuar defendendo a AMO-SIM, nossos adolescentes. Pelos dados que me passarem, atualmente mais de 600 adolescentes estão envolvidos com a entidade, sendo que 212 já estão registrados como menor aprendiz, desses 210 estão na zona azul, também 104 estão em empresas conveniadas, 158 aguardando para ser inserido no mercado de trabalho e 234 participando da primeira etapa. Não se mexe no que está dando certo. Vão trazer uma empresa de fora e deixar os menores sem emprego”, finalizou.  

Relacionados
  • Vereadores Relacionados:
  • Flávio Luis Ambrozim
Veja mais Notícias

Ouvidoria Municipal:

0800 770 4364

Chat

Nossa Estrutura

TV Câmara

Galeria de Fotos

Fale com o Presidente

webmail

Rua do Expedicionário, 1.550 - Jardim Matilde - CEP 19901-630 - Ourinhos / SP - Fone: (14) 3302-4364 - Fax: (14) 3302-4363

Copyright © 2017 Câmara Municipal de Ourinhos - Todos os direitos reservados   |    alc propaganda - criação de sites